Day Answer

Cozinhar sem óleo é uma excelente alternativa para quem quer ter uma alimentação mais saudável. Além de ser uma medida simples de ser empregada na rotina corrida, você evita diversas complicações de saúde.

Isso é possível pois grande parte dos óleos utilizados na cozinha – como de girassol, de milho e de soja – sofrem reações químicas quando colocados em altas temperaturas, gerando substâncias prejudiciais à saúde. 

Embora muitas pessoas já conheçam os riscos de utilizar óleo para fazer as refeições, nem todos sabem os benefícios de evitar sua adição – que vão muito além de preservar a saúde.

Por esse motivo, organizamos algumas dicas de como cozinhar sem gordura e as principais vantagens disso. Saiba agora mesmo para começar a aproveitar imediatamente.

O que este artigo aborda:

Como cozinhar sem gordura: 4 formas
Como cozinhar sem gordura: 4 formas
Pin It

Foto: Pixabay

Saiba como cozinhar sem gordura

1. Cozinhe em água

É isso mesmo, existem vários alimentos que você consegue cozinhar com água, sendo que qualquer panela, com ou sem tampa, pode auxiliar nisso.

Quando você afunda o ingrediente na água fria, todas as substâncias nutritivas e gustativas se difundem na água. 

Ou seja, isso vai permitir que você prepare caldos bem mais gostosos e aromáticos. Mas, por outro lado, o ingrediente em si, perde um pouco do gosto.

Logo, se você não deseja aproveitar o caldo, é só esperar a água levantar fervura. Feito isso, insira todos os ingredientes.

Nessa fase, se formará um tipo de invólucro protetor ao redor dos alimentos, limitando a dispersão dos aromas e nutrientes da água.

Trata-se de um ótimo método de preparação de ingredientes, tendo em vista que funciona como uma barreira, a qual impede que tenha perda de sabor e nutrientes.

Busque sempre utilizar o mínimo de água possível e, assim que cozinhados, não permita que a água ferva novamente, para não perder vitaminas e minerais.

2. Cozinhe a vapor

Se deseja entender como cozinhar sem gordura, então tem que aprender a técnica a vapor, o qual é bastante eficiente, ainda que um pouco mais lento.

Nessa circunstância, é necessário posicionar os ingredientes em algum recipiente próprio, que conte com furos em sua base, mas que não permita o contato direto com a água.

É possível achar vários utensílios para fazer esse tipo de técnica, como:

  • Panelas de pressão;
  • Panelas a vapor;
  • Peixeira a vapor;
  • Cestos de bambu, etc.

Esse método tem uma menor perda de vitaminas e minerais, tendo em vista que os nutrientes não se perderão na água, em razão do vapor ser mais brando.

Ou seja, é possível preservar as características do ingrediente. O melhor é que, se você utilizar diversos níveis de vapor, você consegue cozinhar vários pratos em uma única vez.

3. Grelhar

Não tem como falar sobre cozinhar sem gordura e não falar sobre esse método. Resumidamente, nada mais é quando se coloca um alimento sob alguma fonte de calor.

Trata-se de um método bastante comum para carnes, mas nada impede de preparar com peixes e legumes variados.

Dá para grelhar em alguma ferramenta elétrica ou até mesmo em um grelhador a gás, ou placa aquecida de ferro fundido.

Nesse caso, o alimento deve ser temperado com alho, ervas ou somente regar com sumo de limão, por exemplo.

Trata-se de uma técnica bastante simples e versátil de fazer o alimento. Os alimentos cozinham de forma bem mais ágil e preservam a maioria de suas qualidades nutricionais. 

É preciso evitar espetar o alimento quando quiser virá-lo. O adequado é grelhar ao ar livre ou no forno com a porta aberta.

Caso o forno fique fechado, você obterá outro método de cozinhar: assado.

4. Assar

Como dito anteriormente, o assado é quando você posiciona todos os ingredientes em um recipiente e coloca todos eles em um forno previamente aquecido.

Também não é necessário acrescentar qualquer tipo de gordura, mas deixar marinando em um recipiente fechado vai elevar ainda mais o sabor do alimento.

Se quiser evitar que o alimento pegue no fundo do recipiente, é possível cobrir com um pouco de papel vegetal.

Vantagens de cozinhar sem óleo

Entendemos que não utilizar óleos para cozinha promove vantagens para nossa saúde, mas, ao adotar essa prática no dia a dia, podemos desfrutar de bem mais vantagens, que vão desde a praticidade até o sabor dos alimentos. Confira abaixo para entender melhor.

Faz bem para a saúde

É bem provável que você já tenha escutado falar das complicações que podem ser causadas pela utilização de óleo para cozinhar – irritação do trato gastrointestinal, ganho de peso, doenças cardiovasculares, artrite, envelhecimento precoce e até mesmo câncer. Mas você sabe por que eles acontecem?

No caso de frituras, por exemplo, o óleo chega a altas temperaturas durante muito tempo. Segundo estudos, essas condições causam alterações em suas propriedades físicas e químicas, formando substâncias tóxicas e até mesmo cancerígenas. 

Logo, ao cozinhar sem óleo, é possível diminuir as chances de desenvolver essas complicações de saúde e ter uma vida mais saudável. Com certeza, é uma mudança que faz muita diferença.

Ajuda a manter o gosto dos alimentos

Quando o óleo chega a um ponto de fumaça, temperatura em que queima, solta radicais livres e gera a acroleína, uma substância que deixa o cheiro ruim no local e promove um gosto amargo, de queimado, aos ingredientes.

Portanto, utilizar óleo pode alterar o gosto dos ingredientes. Isso também ocorre dependendo do tipo de óleo optado. Alguns possuem sabor mais forte, como de gergelim e palma, o que também vai inferir no gosto dos alimentos. O de coco, apesar de saudável se não usado em excesso, pode não combinar com determinados pratos salgados.

Evitando o uso de óleo, o gosto dos ingredientes feitos fica mais natural e os temperos acrescentados são realçados promovendo uma refeição bem mais saborosa.

Provoca menos sujeira

Já viu aquela fina camada pegajosa que se formou no armário da cozinha, na geladeira, no chão e nas paredes? Não utilizar o óleo de cozinha é a melhor escolha para fazer menos sujeira enquanto prepara um alimento e impede que a gordura fique impregnada nas superfícies. 

Ademais, pratos, talheres e panelas normalmente ficam engorduradas e, diversas vezes, utilizar detergente e esponja não é o suficiente para limpar totalmente logo de primeira, o que dá bem mais trabalho no momento de lavar.

Por fim, se você quiser mais algumas dicas de como cozinhar sem gordura, veja o vídeo do canal Dicas do Chef Felipe Nonato.

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Redação Day Answer

Contamos com uma equipe dedicada para trazer as melhores respostas para você.

1

Pode ser do seu interesse