Day Answer

Todo funcionário tem direito a férias, porém mesmo que estejam apoiadas pela Constituição e pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT), algumas práticas ilegais podem acontecer com o intuito de tirar o direito do funcionário do seu período de folga.

Um bom exemplo sobre essas ações são as férias vencidas, que é a prática de não conceder ao empregado as férias no decorrer do período concessivo.

Esse ato pode ser intencional ou não, dado que falhas de apontamentos na folha de ponto e erros na gestão do controle de jornada podem acabar resultando no vencimento das férias.

Curioso sobre o que são férias vencidas? Descubra agora e confira dicas essenciais sobre como aproveitar ao máximo esse direito trabalhista. Continue lendo!

O que este artigo aborda:

O que são férias vencidas?
O que são férias vencidas?
Pin It

Mas, afinal, o que são férias vencidas?

Resumidamente, as férias vencidas são aquelas férias que não foram concedidas antes de acabar o período concessivo.

Isto é, as férias vencidas acontecem quando o funcionário não tira a folga remunerada adequada dentro do prazo previsto por lei.

Quais trabalhadores têm direito às férias?

Primeiramente é relevante que os temas “período aquisitivo” e “período recessivo” estejam entendidos.

Período aquisitivo

Esse período começa a ser contado no dia da admissão do empregado. De acordo com a CLT, esse período precisa ter a duração de um ano para que a empresa seja capaz, no período concessivo, de arcar com as férias do empregado sem que tenha quaisquer problemas.

Período concessivo

Depois do período aquisitivo, o concessivo é o tempo em que a empresa deve conceder de férias ao funcionário, tendo um ano como tempo e prazo limite, da mesma forma que o período aquisitivo.

Se por algum motivo as férias não forem concedidas ao funcionário neste intervalo de tempo, acontece o que chamamos de férias vencidas.

Isso por motivo de que, é a união de ambos os períodos que possibilitam a concessão de férias e, também, é uma das questões precisas para compreender o vencimentos delas.

Qualquer trabalhador que tenha operado a mais de um ano tem o direito às férias, previsto na Constituição da República.

Qual é a duração das férias?

O tempo de férias varia conforme a quantidade de ausências injustificadas do funcionário durante o período aquisitivo.

Para compreender as regras, recorremos à CLT, no artigo 139 da CLT aponta a proporção entre quantidade de faltas e dias de férias a que cada colaborador tem direito. Confira:

  • Se o funcionário tiver até 5 faltas ele terá direito a 30 dias de férias;
  • De 6 a 14 faltas ele terá 24 dias de férias;
  • De 15 a 23 faltas ele terá 18 dias de férias;
  • De 24 a 32 faltas ele terá 12 dias de férias;
  • Acima de 32 faltas ele não terá direito a férias. 

Com relação a isso, é importante levar em consideração a dinâmica de concessão de férias combinada com cada colaborador.

Caso as férias estejam sendo fracionadas ou vendidas, é necessário uma ótima gestão para garantir que não aconteçam falhas quanto à quantidade de dias garantidos para cada período.

O que ocorre quando se tem mais de uma férias vencidas?

Quando as férias vencem, a empresa paga o dobro da remuneração. No entanto, as férias vencidas podem acabar se acumulando, dado que o término de um período concessivo coincide com o começo de um novo período aquisitivo. Isso demanda bastante atenção do setor de Recursos Humanos. 

Apesar de a lei determinar somente que as férias devem ser concedidas nos 12 meses que seguem o 1° período aquisitivo, é essencial que as férias ocorram antes de vencer o 2° período aquisitivo.

Estar atento a isso é válido, principalmente em situações em que o funcionário é afastado durante o período concessivo com um auxílio-doença, por exemplo.

Férias vencidas é ilegal?

Sim, quando acontece um acumulo de férias é considerado ilegal. Quando o funcionário tem suas férias vencidas, a empresa por lei tem que pagar a quantia das férias em dobro e dar o tempo de descanso ao funcionário que não pode aproveitar delas.

Acumular e não pagar férias vencidas provocam consequências como multas de valores altos, intervenções e até mesmo, a interdição da empresa.

Ademais, o funcionário tem direito de processar a empresa buscando seus direitos que não foram garantidos como prevê a CLT, por trabalho excessivo.

Por fim, se você ficou com alguma dúvida sobre o que são férias vencidas, veja o vídeo do canal Cálculos Trabalhistas by Karla Kreuzberg.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Redação Day Answer

Contamos com uma equipe dedicada para trazer as melhores respostas para você.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse